Header Ads


Capa álbum de Pusha-T irrita família de Whitney Houston



Como poderia ter sido previsto, a arte de capa de Pusha-T para seu novo álbum, Daytona, que apresenta uma foto publicada em 2006 do banheiro cheio de drogas de Whitney Houston, atingiu um ponto dolorido com a família da cantora que já faleceu.
Como relatado anteriormente, Kanye supostamente pagou US $ 85.000 pelos direitos de licenciar a foto controversa. Pusha afirmou que Yeezy o forçou a usar a foto. “Eu também não estou tão entrincheirado no mundo da arte assim. Eu vou deixar ele fazer isso. E ele está pagando por isso”, disse o rapper do Clipse durante uma recente entrevista com Angie Martinez.
Damon Elliott, primo de Houston, falou com as pessoas sobre a capa, em uma matéria publicada no domingo (26 de maio). Desnecessário dizer que ele não ficou muito feliz com as lembranças da foto. Elliott disse que viu pela primeira vez a foto através de sua filha. “[Ela estava] frenética”, disse Elliott. “Ela me enviou essa foto da capa do álbum e eu imediatamente fiquei doente do estômago porque me levou de volta a seis anos atrás.”
A prima parece colocar a culpa em Kanye. “Eu não achei que ele iria tão longe invadindo a privacidade da família de alguém”, acrescentou. “Para fazer algo para um golpe de publicidade para vender discos, é absolutamente repugnante. Doeu minha família e minha filha, é mesquinho, é brega.
Houston morreu em uma banheira no hotel The Beverly Hilton em 2012. A morte foi considerada um afogamento acidental, mas várias drogas foram encontradas em seu sistema. Elliott quer um pedido de desculpas de West e uma promessa de mudar a arte do álbum.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.