Header Ads


Pusha T encerra a treta com Drake


Após interferência de Kanye West e J. Prince, parece que a briga entre os rappers está morta.

Pusha T começou uma treta com Drake por competição em 2012 por meio da faixa diss "Exodus 23:1", onde o alvo principal era Lil Wayne, e ela se estendeu por anos. Entre muitos jabs e provocações, a beef novamente explodiu no dia 25 de maio com o lançamento do álbum DAYTONA do King Push, onde na música "Infrared" ele novamente alfinetou o canadense com a história dele ter sido acusado de usar escritores fantasmas em trabalhos.


Em menos de 24 horas Drizzy respondeu com autoridade por meio da diss track "Duppy Freestyle", posteriormente King Push apareceu com sua resposta "The Story of Adidon", a qual impressionou o público pela sua perversidade, fazendo com que quase todos esperassem uma resposta.



Diante então de todos esse cenário, J. Prince, lendário empresário hip-hop, apareceu para falar que Kanye West o telefonou para tentar resolver encrenca, e que ele fez ligação para Drizzy, onde disse que seguir baixo com essa história "não era parte do seu caráter", que "apenas estaria alimentando o chiqueiro", e prejudicaria famílias, pedindo então para que o artista não respondesse. Segundo o CEO da Rap-A-Lot Records, o canadense "tinha os ingredientes necessários para acabar com carreiras" por meio da sua resposta, mas de fato afetaria famílias, e ele então teria concordado em não seguir em frente.


Em nova entrevista com a Vanity Fair, King Push foi sendo submetido a série de perguntas sugestivas e aparentemente com um segundo fundo, até que ele foi questionado sobre a ideia dele e Drake "jogarem esportes diferentes", respondendo: "totalmente, e isso é algo que sempre soube durante toda parada. Eu sinto que no final do dia, eu sei que nunca vou querer fazer um som como do Drake. Eu sei que nunca vou querer fazer um como do Kanye West. Na real mesmo, sendo honesto com com você".


A conversa seguiu, e posteriormente Pusha foi questionado sobre o que aprendeu com a beef, declarando: "eu não sei. Não sei o que foi perdido ou ganho". Sobre a ideia de possivelmente ter mais cartas na manga contra Drake, o presidente da GOOD Music afirmou: "eu quero dizer. você sabe. Essas conversas foram feitas, e até onde sei, acabou. Está tudo acabado".



Por fim, King Push foi perguntado sobre se estava feliz com isso, dizendo: "sim, quero dizer. Se liga: eu estou pronto para voltar à música de verdade. Apenas alimentando minha base de fãs, é isso. Essa é a coisa mais importante para mim em todos os momentos".

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.